logo RCN
MARCELINO/ ALTO BELA VISTA

Engenheiros vistoriam ponte férrea em busca de alternativas de assoalhamento

  • Vídeo AsCom Marcelino -

Oito engenheiros das cidades de Caixas do Sul e de Erechim estiveram em Marcelino Ramos e em Alto Bela Vista na sexta-feira, dia 9, para conhecer e tentar apontar uma solução para o assoalhamento da ponte férrea.

O prefeito de Marcelino, Vanei Mafissoni comenta que o objetivo é encontrar uma solução eficaz para o assoalhamento da ponte férrea, que permita o tráfego de mais veículos, além dos de passeio. “Trouxemos um grupo de engenheiros especializados nesse setor para analisar as possibilidades de assoalhamento e também para dar condições de tráfego para veículos de médio e grande porte. Nossa intenção é encontrar uma solução de baixo custo e eficaz, por isso estamos estudando diversas possibilidades e inclusive mantendo contato com empresas do polo metalmecânico de Caixas do Sul, com experiências nessa área”, destacou.

Saiba mais

A ponte férrea é uma importante ligação entre os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. As duas cabeceiras têm limitadores que impendem a circulação de veículos de médio e grande porte. Nem mesmo ambulâncias conseguem fazer a travessia. Outro problema é o assoalho de madeira, que mesmo com as manutenções realizadas, oferece condições precárias de trafegabilidade.

Redação JC

Governo catarinense investiu apenas 55% do orçamento previsto para a infraestrutura em 2023 Anterior

Governo catarinense investiu apenas 55% do orçamento previsto para a infraestrutura em 2023

Detalhes sobre tentativa de golpe de Estado expõem Bolsonaro e aliados Próximo

Detalhes sobre tentativa de golpe de Estado expõem Bolsonaro e aliados

Deixe seu comentário